A pet

Exif_JPEG_420

Manter um animalzinho em casa requer muita destreza. Não podemos nunca esquecer ao alcance do bichinho, coisa alguma que não seja de uso específico do mesmo. Nem os calçados podemos deixar fora do armário sob risco de serem roídos.

Mas nos tornam mais compreensivos, carinhosos e responsáveis. Ter um animalzinho para cuidar, nos faz crescer.

Keeping a pet at home requires a lot of dexterity. We can never forget the pet’s reach, anything that is not for specific use. Nor can shoes be left out of the closet at risk of being gnawed.

But they make us more understanding, caring and responsible. Having a pet to care for, makes us grow.

Publicado em ativismo | Deixe um comentário

ACREDITES:

Verdades são verdades, acreditemos nelas ou não.

Eduardo Santos

Publicado em ativismo | Deixe um comentário

Revivendo algumas coisas

Dia 27/02 aproveitei a bandeira preta do distanciamento social para ir até a praia e me banhar sem o risco de um contágio. Já fazia seis anos que não me banhava no mar e adorei a sensação. Eu estava proibido do banho em água não tratada devido a um ferimento não cicatrizado, resultado de inúmeras cirurgias que fiz depois de um acidente. 

Cheguei a pensar que nunca mais voltaria a tomar um banho na praia. mas graças a Deus, uma das coisas que aprendi com essas situaçoēs é que tudo muda e nada é para sempre.

Voltei a conversar, a tocar violão, cuidar das tarefas da casa, ter momentos de prazer e alegrias. Isso me faz valorizar muito a vida e cada momento dela.

Momentos difíceis nos faz valorizar as coisas que antes pensávamos não ter muita importåncia. Faz tudo o que vivemos caler a pena.


Publicado em ativismo | 3 Comentários